A Ciência é de todas. IV edição do Dia das Meninas

IV edição do Dia das Meninas vai destacar a diversidade na ciência abordando questões de gêneros e étnicos-raciais

São muitas as cobranças e os desafios encontrados pelas mulheres que seguem a vida acadêmica e científica, no entanto, os incentivos são baixos. Meninas e mulheres devem ser empoderadas em todos os níveis. Na aprendizagem e pesquisa, na administração e ensino, e também no campo científico. Para promover a excelência científica e tecnológica, é fundamental a igualdade de gênero. O mundo da ciência também é das mulheres.

Visando estimular ainda mais o interesse e incentivar jovens meninas a explorarem carreiras científicas, tecnológicas, engenharias e de inovação, o Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) dedica uma data inteira com atividades de ação educativa: O Dia das Meninas. O evento, que chega a sua quarta edição, será realizado no dia 7 de março, no campus MAST/ON, e busca maior aproximação das estudantes com as cientistas mulheres, quebrando barreiras sociais, preconceitos e estereótipos que afastam e impedem as meninas de ingressarem no universo científico.

Criado em 2015, o Dia das Meninas foi o primeiro evento em comemoração ao dia Internacional da Mulher promovido pelo MAST. Era uma forma de reconhecer a contribuição de cientistas mulheres para o progresso da ciência e para a sociedade, e celebrar essas colaborações com o público em geral. Devido ao grande sucesso, a data passou a integrar o calendário oficial de eventos desenvolvidos pela Coordenação de Educação em Ciências (Coedu) do MAST.

Foto: Palestra durante a edição do Dia das Meninas de 2017 / Bruna Aguiar/MAST

A comemoração este ano vai manter uma programação similar a das outras edições, com um dia repleto de atividades práticas de divulgação da ciência, além de debates com pesquisadoras. O tema será A ciência é para todas, e vai destacar a diversidade na ciência, fator imprescindível para atingir os objetivos de Desenvolvimento do Milênio propostos pelas Nações Unidas.

Patrícia Spinelli, astrofísica e pesquisadora do Mast, contou alguns detalhes do que está sendo preparado para o público que vai acompanhar o evento: “Este ano, além do gênero, também iremos abordar a questão étnico-racial. A gente deu ênfase em trazer pesquisadoras negras, que são mais difíceis de serem encontradas em nossa sociedade. Uma delas estuda justamente a beleza negra e vai falar da química do cabelo”, revelou Patrícia que também é uma das coordenadoras do projeto.

O IV Dia das Meninas tem o apoio do Portuguese Language Office of Astronomy for Development, da União Internacional de Astronomia, do Colégio Olavo Bilac, e também da L’Oréal Brasil, que ajuda na elaboração do evento desde a primeira edição. Este ano também haverá um intercâmbio de atividades entre o Museu do Amanhã e o MAST, já que ambos museus irão comemorar o Dia Internacional da Mulher junto ao público.

O Dia das Meninas, tradicionalmente, fomenta a interação entre as jovens participantes e as cientistas, bem como proporciona a experimentação científica. Patrícia Spinelli falou da expectativa para esta edição do projeto: “Espero que seja o sucesso de sempre. O evento vem crescendo e esse ano a pauta é bem pertinente e cativante. Espero que o museu esteja cheio e o público aproveite bastante a nossa  programação”, concluiu.

Para participar deste dia tão especial, basta ligar para (21) 3514-5233 e realizar a inscrição. São 80 vagas disponíveis para o público. Coordenam o evento as pesquisadoras Patrícia Spinelli, Gabriela de Assis Costa Moreira e Cláudia Sá Rego Matos. São colaboradoras Ana Paula Germano e Sandra Benítez Herrera.

 

Comments

comments